Escola promove aula para ensinar crianças como evitar afogamento

Posted by Japhet2 & filed under Uncategorized.

Afogamento é a 2ª causa de morte entre crianças de 0 a 9 anos.

Pais também receberam orientações do Corpo de Bombeiros.

Crianças aprenderam a não entrar em pânico em caso de afogamento (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Uma escola de natação em Palmas realizou nesta sexta-feira (31) uma aula diferente. As crianças foram orientadas a como proceder caso caiam na piscina acidentalmente. Os pequenos alunos encararam a aula com seriedade e entraram na piscina de roupa e tudo para justamente simular as dificuldades e limitações que as roupas podem trazer na hora do acidente.

“A gente ensina a sobrevivência, a cair dentro da aula com a roupa e como se manusear esta roupa dentro da piscina ou dentro do lago ou do mar. A gente ensina a flutuação, quando você está muito cansado para nadar você faz a flutuação para descansar um pouquinho e a nadar ‘cachorrinho’ com a cabeça erguida, que é fundamental  para chegar até a margem”, explicou o professor de natação Carlos Henrique Massura.

O Corpo de Bombeiros passou técnicas de sobrevivência a pais e filhos, em Palmas (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

O afogamento é a segunda causa de morte mais comum entre crianças de 0 a 9 anos. Para esta faixa etária, só a pneumonia mata mais no Brasil. Por isso a importância de aprender a sair ileso de acidentes dentro d’água.

Os pais acompanharam as atividades e quem já teve a experiência de ver o filho cair em uma piscina, encarou a aula como um alívio. “Eu acho muito importante porque meu filho Mateus, hoje com 5 anos, quando ele tinha 1 aninho, ele estava brincando, foi correr atrás de uma bola e acabou caindo na piscina. A sorte era que a gente estava por perto para poder tirá-lo da água.  Não houve nenhum problema, mas foi quando eu percebi a importância de colocá-lo em uma aula de natação. Hoje eu me sinto mais tranquila”, relatou a fisioterapeuta Renata Milhomem.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros também ajudou a repassar as orientações para pais e filhos. “Inicialmente as orientações são feitas para os pais para que eles tenham atividades preventivas evitando que estas crianças cheguem às bordas de piscinas. Para as crianças, que elas não se aventurem e aprendam a natação, se acostumem com a água e que aprendam também a não entrar em pânico quando estiverem dentro da piscina ou de qualquer outro local com água”, explicou o sargento do Corpo de Bombeiros Rogério de Souza.

A criançada aprovou. “Eu acho legal porque eu fiz aquilo que eu mais gosto, sobreviver”, concluiu Luis Vitor Vale, de 6 anos.

Fonte: http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2014/02/escola-promove-aula-para-ensinar-criancas-como-evitar-afogamento.html

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>