‘Sucesso’, diz secretário do RS sobre simulação no Centro Administrativo

Posted by Japhet2 & filed under Uncategorized.

Atividade representou um incêndio no prédio em Porto Alegre nesta quarta.

Segundo secretário de Administração, evacuação da torre durou 26 minutos.

Bombeiros levam pessoa caracterizada como ferida no incêndio para atendimento (Foto: Alina Souza, Palácio Piratini/Divulgação)

Um exercício de simulação de incêndio foi realizado na tarde desta quarta-feira (14) no prédio do Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), em Porto Alegre, que chegou a ter a interdição determinada pela Justiça, mas continuou em funcionamento. Segundo o titular da Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos do Rio Grande do Sul, Alessandro Barcellos, os ocupantes deixaram a construção em menos de 30 minutos, o que comprovou a eficácia do trabalho.

“Ao considerarmos o tempo de saída dos servidores do prédio, em torno de 26 minutos, aliado à ação dos órgãos de segurança que nos apoiaram, podemos afirmar que foi um sucesso”, disse Barcellos, de acordo com a assessoria de imprensa do governo estadual.

O secretário aprovou o funcionamento do sistema de alarmes e as câmeras de segurança, além do trabalho dos 150 brigadistas, servidores treinados para este tipo de ocorrência. “Eles mostraram um trabalho sério e preciso”, declarou.

Responsável pelo Grupo de Trabalho de Prevenção e Combate a Incêndios da secretaria, o coronel Roget da Rosa também considerou positivo o resultado do simulado. “Todos desceram de forma ordeira obedecendo aos brigadistas. Além disso, não registramos nenhum incidente”, destacou.

A operação teve o apoio do 1º Comando Regional de Bombeiros, do Grupamento de Busca e Salvamento, da Escola de Bombeiros, do Serviço de Atendimento Municipal de Urgência (Samu) e da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Durante a evacuação, policiais militares, bombeiros e ambulâncias ocuparam o pátio onde fica o prédio de 21 andares.

Alunos da Escola do Corpo de Bombeiros desceram de rapel do terraço da torre para simular um resgate. Eles levaram pessoas caracterizadas como feridas até o pátio, onde elas eram imobilizadas em macas e levadas a espaços onde seriam atendidas. Agentes de trânsito realizavam o controle do tráfego nas avenidas Borges de Medeiros e Augusto de Carvalho, viabilizando a chegada de veículos de emergência. O trabalho teve início às 15h e, uma hora depois, o prédio estava vazio.

A ação será avaliada em uma reunião do Grupo de Trabalho de Prevenção a Incêndios. Segundo o governo estadual, o objetivo da iniciativa foi criar uma cultura de prevenção a sinistros entre os servidores e conscientizar os agentes que atuam na gestão pública.

Cerca de 5 mil pessoas circulam diariamente pelo CAFF, que concentra 17 secretarias e diversos outros órgãos ligados ao governo do estado. O pedido de interdição ocorreu três dias depois que um incêndio atingiu o Mercado Público de Porto Alegre, na noite de sábado (6), sem deixar feridos. A alegação é que não havia Plano de Proteção Contra Incêndio (PPCI).

O governo estadual decidiu manter o funcionamento e recorrer da decisão. Segundo o Piratini, o prédio possuiu todas as condições de segurança.

Fonte: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2013/08/sucesso-diz-secretario-do-rs-sobre-simulacao-no-centro-administrativo.html

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>