IML tenta identificar vítimas de acidente com sete mortos em Goiás

Posted by Japhet2 & filed under Uncategorized.

Homem que crê ser pai de uma das vítima procurou o órgão, em Ceres.

Corpos foram carbonizados e identificação depende de exames de DNA.

Sete pessoas morrem carbonizadas em colisão frontal na GO-080, próximo a Jaraguá, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Os corpos das sete pessoas mortas em um acidente na GO-080 foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) em Ceres, na região central de Goiás. Segundo o órgão, até as 8h30 deste sábado (4), apenas um homem que acredita ser pai de uma das vítimas procurou o IML para fazer a identificação. Entretanto, devido ao estado de carbonização do corpo, a confirmação da identidade dependerá de exames de DNA.

A colisão aconteceu na tarde de sexta-feira (3) entre Jaraguá e Goianésia. Os carros, um VW Fox com placa de Brasília e um Kia Sorento de Goiânia, colidiram de frente no km 17 da rodovia. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o primeiro veículo transportava cinco pessoas, e o outro, duas.

Com o impacto, os veículos pegaram fogo e as vítimas morreram carbonizadas. A polícia suspeita que o acidente tenha sido provocado por uma ultrapassagem ou pela aquaplanagem de um dos veículos, já que a pista estava molhada.

Conforme explicou o IML, o homem que acredita ser pai do motorista do Kia Soranto identificou a placa do veículo. Entretanto, não há previsão de quando o resultado do exame de DNA ficará pronto.

Sete pessoas morrem carbonizadas em colisão frontal na GO-080, próximo a Jaraguá, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Fonte: http://g1.globo.com/goias/noticia/2015/04/iml-tenta-identificar-vitimas-de-acidente-com-sete-mortos-em-goias.html

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>